Como melhorar a oratória

Publicado:

A oratória consiste na arte de falar bem, um objetivo almejado por muitos, entretanto, nem sempre conquistado.

Existe uma receita para melhorar a oratória?

Opção A: SIM, existe receita.

Opção B: NÃO, não existe receita.

Se esta fosse uma questão de múltipla escolha, creio que teríamos que marcar as duas respostas como corretas. Explico essa perspectiva:

( X ) Opção A: SIM, existe receita.

A boa comunicação é um fator estratégico, que para obtenção do sucesso, alia dois ingredientes essenciais: CONTEÚDO e FORMA.

A oratória de sucesso inicia pelo domínio do conteúdo que será transmitido. A partir do conhecimento do público-alvo, seus interesses e necessidades, o orador concatena suas ideias através de uma estrutura lógica de raciocínio. O conteúdo deve fluir de forma clara e objetiva. Deve ser exímio conhecedor do tema, seus aspectos e a perspectiva abordada. Estar preparado para os questionamentos e para as objeções de seus interlocutores.. Este preparo do conteúdo confere segurança ao orador, que contagia seus ouvintes, criando um clima de confiança e credibilidade. E a credibilidade o fator chave da boa oratória.


A qualidade da oratória se evidenciará pela sua expressividade, pela motivação que desperta e pelo impacto positivo causado nos ouvintes. A exposição do conteúdo se utilizará de diversos recursos que o tornarão de qualidade:

Voz um recurso fundamental para a boa oratória. Cuidar da saúde da voz é essencial, incluindo o treino da respiração. A voz e seus aspectos, como entonação, velocidade, altura, dicção e o ritmo devem ser percebidos, explorados e treinados.

Expressão corporal indissociável da voz. A postura, os gestos, as expressões faciais e os movimentos devem ser observados, estudados e lapidados.

Imagem a aparência também comunica. O item mais importante é a adequação. Entender com quem estou falando, onde, com que objetivo e como e traduzir esse entendimento para como me apresento.

Vocabulário outro item que a adequação é crucial para o entendimento. O bom orador deve conhecer seus ouvintes para usar linguagem apropriada. Além disso, deve investir em construir um vocabulário amplo, o que possibilita a utilização conforme a conveniência.

Acrescenta-se ao conteúdo e forma, alguns temperos que contribuirão para o alcance do efeito desejado

  • Vontade;
  • Trabalho;
  • Disciplina;
  • Preparação;
  • Treino.

( X ) Opção B: NÃO, não existe receita.

É fato que aqueles que aliam o conhecimento do conteúdo com a forma correta de expô-lo obtém melhores resultados e que os oradores que dominam as técnicas tenham potencializadas suas chances de sucesso. Contudo, não existem regras fixas que formatem o bom orador.

Ouvir frases como faça assim... não garantem o sucesso.

Melhorar a oratória é um desafio!

Será vencido por todo aquele que investir em conhecer as técnicas e os parâmetros da boa comunicação, para que possa:

  • Estudar;
  • Aprender;
  • Aplicar e Praticar.

Esta singularidade na oratória é conquistada a partir de sua própria personalidade, suas vivências e experiências.

Fundamental para melhorar a oratória é investir em conhecimento, preparo técnico, senso de adequação, construção de estilo e, sobretudo, naturalidade.

Edmar Oneda, é instrutor de cursos de comunicação e expressão, fundador da Academaia do Palestrante e Academia do Coaching

Leia também:

Por que muito dinheiro é pior que pouco?

http://professorsaulo.com.br/blog/artigos/por-que-...


Redes sociais:

Assinar Newsletter: