As medalhas olímpicas realmente são de ouro?

Publicado:

Você já se perguntou se as medalhas que os vencedores das Olimpíadas ganham são realmente de ouro?

Diversos esportes fazem parte da competição e os vencedores ganham, é claro, medalhas de ouro, prata e bronze. No entanto, será que as medalhas de ouro são realmente feitas deste metal ou apenas pintadas de dourado?


Primeiramente, é preciso esclarecer que nem sempre as medalhas foram o prêmio dos ganhadores das Olimpíadas. No começo dos Jogos, a homenagem ao vencedor era feita com uma coroa de ramos de oliveira entrelaçados na forma de um colar ou ferradura. Historiadores acreditam que a premiação foi criada por Heracles para condecorar o vencedor da corrida feita em homenagem a Zeus. Foi só a partir do ano de 1904 que as medalhas passaram a ser entregues aos melhores competidores.

Mas, afinal: as medalhas são ou não são de ouro?

A verdade é que no começo elas eram sim de ouro maciço, mas a última vez que entregaram uma medalha desse tipo foi em 1932, nas Olimpíadas de Estocolmo. Atualmente, elas são feitas de prata de lei banhadas a ouro.


Veja algumas curiosidades sobre as medalhas olímpicas:

- A medalha de ouro tem cerca de 60 mm de diâmetro

- Cada medalha tem pelo menos 3 mm de espessura

- A medalha de ouro é formada por um composto de prata

- Cada medalha de ouro tem ao menos 6 gramas de ouro puro

- O nome do jogo olímpico fica escrito na medalha

- Cada cidade-sede projeta o design da sua medalha, mas o projeto fica sujeito à aprovação do Comitê Olímpico Nacional (CON)

- A responsabilidade da cunhagem das medalhas é da cidade-sede dos Jogos.

Redes sociais:

Assinar Newsletter: